Carta para um amor [4]

Posted segunda-feira, 7 de abril de 2014 by Hannar
'' Para alguém, em algum lugar no mundo, hoje é o dia mais incrível da sua vida.''

Esse pensamento, hoje, encheu meu coração de felicidade. Ou de esperança, não sei. A única coisa que sei é que outros pensamentos extensos e otimistas me invadiram hoje, como por exemplo, a certeza de que existe vida fora da terra e que o mundo é muito maior do que possamos imaginar. O que esses pensamentos têm haver com você? Tudo. 
Gosto de pensar que, como o universo é muito maior do que imaginamos, há alguma força sendo formada por aí que te trará até mim. Que o dia mais incrível da minha vida vai chegar e o mundo, consciente ou inconscientemente, saberá disso. Isso não significa que sou utópica ou que esses pensamentos são desculpas para um certo comodismo. Na verdade, tive (ou quis ter) provas de que isso funciona. 
Parando pra pensar, há exatos 6 meses atrás nós não nos falávamos e eu acho que você nem lembrava que eu existia. Exatos 6 meses. Eu vivi uma agonia profunda, a razão me apontava que você nunca mais ouviria falar de mim. Mas, cultivar a esperança nunca é exagero, não é?! 
De alguma forma eu sabia que Deus, o tempo, o destino, o acaso, o universo, o vento ou o que mais for, tinha guardado um jeito de te trazer até mim. E, depois que encontrei você e criei coragem para uma reaproximação (ainda que singela) depois que tantas e tantas circunstancias do destino passaram a criar encontros entre nós dois, depois de, de alguma forma, passar o natal com você, não duvidei de mais nada nesse mundo. 
Agora, acredito sim que tudo tem um tempo, que nossos destinos estão desenhados em algum lugar. Da mesma forma que acredito que um dia você vai ler essas cartas, como prova que te amei esse tempo todo.
Amanhã, dia 8, completa um mês que não nos falamos. Mas, quer saber?! Eu tô feliz! A ultima vez que você falou comigo foi uma surpresa, você lembrou de mim por um vídeo aleatório do whats e fez questão de me enviar. E todo dia 8 uma coisa mágica acontece entre a gente. Eu não sei se amanhã vai acontecer, mas, de alguma forma, hoje eu tô feliz, tô em paz.
A lua ta linda na minha janela, e toda vez que olho pra ela, é impossível não pensar em você. Às vezes, olho pro céu e sinto o vento no meu rosto, e peço pra que ele te traga até mim. E, repito, gosto de pensar que ele ta trazendo! Maktub!

H.A -----> R.A.

0 comentários:

Postar um comentário