Carta 8

Posted quarta-feira, 24 de dezembro de 2014 by Hannar
Oi!
Acho que tu não lembra, mas a um ano atrás eu ganhei o meu natal contigo falando comigo o dia todo. Tudo começou dia 22/12/2013, um dia de chuva forte, eu tava em Tomé açu, era um domingo. Passei a tarde tomando banho de chuva e com um desejo forte, no meu coração, de falar contigo. Eu lembro que quando chegou à noite, minhas primas pegaram meu celular e falaram contigo como se fosse eu. Eu tremia feito vara verde. Mas, pensei que tudo iria morrer ali. Só não fiquei sabendo que a Lorena pegou teu número e te falou algumas coisas que até hoje eu não sei exatamente o que foi, também, não quero saber, senão, é capaz de eu abrir um buraco e me enterrar.
Enfim, como a covarde que sempre fui, dormi com medo e vergonha de olhar pro celular. Na manhã do dia 23/12/2014, que surpresa! Peguei no meu celular e vi um "Bora acordar" teu. Eu lembro que dei um pulo e joguei meu celular na cama enquanto gritava toda cagada: "ele ta falando comigo!!!!" Hahahhaha foi uma cena engraçada. As minhas primas com uma cara tipo: sério???!!! Mas elas sabiam que isso ia acontecer. Eu nem acreditei que passamos o dia nos falando, que tu puxaste assunto comigo, que tava interessado nas coisas insignificantes que eu falo, como costumava estar. Eu sei que foi passageiro, mas esse período em que voltamos a nos falar foi muito especial pra mim. Serviu pra eu ter certeza de tantas coisas. E, mesmo que tu tenhas te afastado de novo, eu sempre vou guardar essa época como um presente. Porque uma coisa é eu ter te amado naquele silêncio depois da confusão, magoada, de coração partido, cheia de dúvidas. E outra coisa foi quando voltamos a nos falar. Saber que tu ainda lembrava de mim me fez sentir muito especial.
Sabe, hoje, um ano depois de tudo isso, eu tinha esperança que nós nos falássemos de algum jeito. Te enviei uns snaps e tu só me ignoraste, rsrsrsrs.
Enfim, eu tive um sonho um pouco estranho, tu dizia pra umas amigas que nunca gostou de mim da mesma forma que eu gosto de ti. Talvez não deixe de ser verdade, mas, ouvir isso seria horrível pra mim. Te amar dessa forma, em segredo, pra muitos pode ser covardia, mas, foi a melhor forma que eu encontrei de te amar.
Tudo o que eu quero nessa vida é te ver feliz. Eu sou uma pessoa má, frágil, egoísta, mas, eu jamais deixaria que minhas más ações te encontrassem.
É natal, e eu quero te desejar um feliz e abençoado. Me perdoa por qualquer coisa, ta? 


Feliz Natal,

H.A. -----> R.A.

0 comentários:

Postar um comentário